Igreja Universal – Cabo Verde

LOGO

Chorando no deserto

Fonte de Imagem: Universal.org

 
 

Leia a mensagem de hoje do livro “O Pão Nosso para 365 dias”

“Tendo-se acabado a água do odre, colocou ela o menino debaixo de um dos arbustos e, afastando-se, foi sentar-se defronte, à distância de um tiro de arco; porque dizia: Assim, não verei morrer o menino; e, sentando-se em frente dele, levantou a voz e chorou. Deus, porém, ouviu a voz do menino; e o Anjo de Deus chamou do céu a Agar e lhe disse: Que tens, Agar? Não temas, porque Deus ouviu a voz do menino, daí onde está.” (Gênesis 21.15-17)

 
 
 
 
 
 
 

Agar estava com seu filho Ismael no deserto. Quando seus recursos acabaram, ela jogou a toalha. “Levantou a voz e chorou” mostra que seu choro não foi um choro discreto. Porém, o Anjo de Deus não passou a mão em sua cabeça. Pelo contrário, suas primeiras palavras para ela foram: “Que tens, Agar?”. Ele não ficou sensibilizado com o chororô de Agar. Ignorou aquele drama todo. O que chamou Sua atenção foi a voz do menino.

Deus ouviu sua voz porque ele era descendente de Abraão. E como a promessa feita a Abraão se estenderia para toda a sua descendência, Deus ouviu a voz do garoto. Cremos que, diante da circunstância, Ismael se viu no direito de cobrar a promessa do Deus de seu pai. Isso é fé. Era tudo ou nada. Carregado por sua mãe sentimental, que só olhava para a situação, ele não teria chance alguma. Então, dali onde ele estava, deixado para morrer debaixo do arbusto, em silêncio, fez ouvir a sua voz. Deus não ouviu a voz do sentimento de Agar, mas ouviu a voz da fé de Ismael.

 
 
 
 
 
 
 

Você pode não ter força alguma; pode não ter com quem contar; pode não ter mais perspectiva nenhuma, mas dentro de você existe uma força: a sua fé. A única força capaz de mover a mão de Deus. Ele não ouviu o choro de Agar, mas ouviu a fé de Ismael.

(*) Fonte: livro “O Pão Nosso para 365 dias”, do Bispo Edir Macedo

 
 
 
 
 

Conheça a Universal mais perto de si.

Fonte: Universal.org

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*